Orações Subordinadas Adverbiais – Assista ao vídeo e aprenda. Curta e compartilhe!

Published Maio 22, 2015 by rosangelabastos

Anúncios

Veja qual nota é preciso tirar no ENEM para entrar na faculdade

Published Agosto 5, 2019 by rosangelabastos

Quer garantir vaga na faculdade? Descubra quantos pontos precisa tirar no Enem 2018 para entrar em alguns dos cursos mais conhecidos!

Quem se der bem no Enem 2018 já estará com meio caminho andado para conseguir uma vaga na faculdade. Principalmente se o objetivo é entrar em cursos muito populares como Medicina, Direito ou Engenharia.

Mas você tem ideia do que é se dar bem no Enem? Qual pontuação garante vaga nos cursos mais concorridos? Qual a nota mínima que permite entrar na faculdade?

A gente foi atrás da nota que é preciso tirar no Enem 2018 para começar o semestre matriculado na universidade dos seus sonhos.Descubra a faculdade certa pra você em 1 minuto!

Descubra a seguir!

Onde usar a nota do Enem 2018

As provas do Enem geralmente são aplicadas no mês de novembro. Os resultados saem em janeiro do ano seguinte e logo em seguida o governo federal abre os processos seletivos que usam a nota do exame como critério de classificação.

Portanto, quem tiver feito o Enem 2018 pode participar das seleções em 2019. Quem faz o Enem 2019 participa em 2020 e assim por diante.

São três grandes processos seletivos que acontecem duas vezes ao ano:

  1. Sisu(Sistema de Seleção Unificada) seleciona os estudantes que ocuparão vagas nas universidades públicas por todo o país. Para participar basta ter feito o Enem mais recente e não ter zerado a redação. É aqui que estão as notas de corte mais altas, podendo chegar a 900 pontos.
  2. ProUni(Programa Universidade para Todos) concede bolsas de estudos parciais e integrais em faculdades particulares. Para participar é preciso ter feito o Enem mais recente, com desempenho de pelo menos 450 na média das provas e nota acima de zero na redação. Também é preciso corresponder aos critérios de formação escolar e renda determinados pelo MEC. Dos três, o ProUni é o único que também distribui vagas em cursos a distância.
  3. FIES(Fundo de Financiamento Estudantil) oferece ao estudante a possibilidade de financiar um curso superior a juros baixos, com prazo longo para pagar a dívida, que só começa a ser quitada depois da formatura. Aqui, no entanto, tem uma diferença importante: dá para entrar na disputa com a nota de qualquer Enem a partir de 2010 – desde que ela seja de pelo menos 450 pontos na média das provas, sem ter zerado a redação. O FIES também exige que o candidato se encaixe em determinados perfis de renda familiar.

Que nota preciso tirar no Enem 2018?

Prepare-se. Conseguir vaga no Sisu, no ProUni ou no FIES vai exigir uma nota de respeito no Enem.

Para você ter ideia, garantir vaga em Medicina em uma universidade pública requer uma nota média de 840 pontos. Em algumas instituições, esse valor pode ultrapassar os 900 pontos.

No ProUni a situação é parecida, embora a variação de notas de corte seja bem maior – dá para conseguir vaga com 450 pontos. No FIES a concorrência dá uma aliviada.

Confira a seguir as notas médias para conseguir vaga em alguns dos cursos mais populares com a nota do Enem 2018.

Medicina

  • Sisu: 835 pontos
  • ProUni: 760 pontos
  • FIES: 730 pontos

Engenharia Civil

  • Sisu: 790 pontos
  • ProUni: 610 pontos
  • Engenharia Civil: 595 pontos

Odontologia

  • Sisu: 780 pontos
  • ProUni: 610 pontos
  • FIES: 645 pontos

Arquitetura e Urbanismo

  • Sisu: 765 pontos
  • ProUni: 605 pontos
  • FIES: 615 pontos

Direito

  • Sisu: 765 pontos
  • ProUni: 600 pontos
  • FIES: 615 pontos

Psicologia

  • Sisu: 755 pontos
  • ProUni: 600 pontos
  • FIES: 580 pontos

Fisioterapia

  • Sisu: 750 pontos
  • ProUni: 590 pontos
  • FIES: 585 pontos

Farmácia

  • Sisu: 740 pontos
  • ProUni: 595 pontos
  • FIES: 575 pontos

Administração

  • Sisu: 740 pontos
  • ProUni: 582 pontos
  • FIES: 570 pontos

Engenharia de Produção

  • Sisu: 735 pontos
  • ProUni: 600 pontos
  • FIES: 585 pontos

Enfermagem

  • Sisu: 735 pontos
  • ProUni: 580 pontos
  • FIES: 560 pontos

Jornalismo

  • Sisu: 730 pontos
  • ProUni: 600 pontos
  • FIES: 590 pontos

Engenharia Elétrica

  • Sisu: 730 pontos
  • ProUni: 600 pontos
  • FIES: 575 pontos

Nutrição

  • Sisu: 690 pontos
  • ProUni: 580 pontos
  • FIES: 575 pontos

Ciências Contábeis

  • Sisu: 690 pontos
  • ProUni: 575 pontos
  • FIES: 567 pontos

História

  • Sisu: 685 pontos
  • ProUni: 580 pontos
  • FIES: 575 pontos

Educação Física

  • Sisu: 677 pontos
  • ProUni: 575 pontos
  • FIES: 565 pontos

Gestão de Recursos Humanos

  • Sisu: 660 pontos
  • ProUni: 560 pontos
  • FIES: 540 pontos

Logística

  • Sisu: 660 pontos
  • ProUni: 550 pontos
  • FIES: 530 pontos

Pedagogia

  • Sisu: 650 pontos
  • ProUni: 600 pontos
  • FIES: 560 pontos

As notas de corte podem ser mais altas ou mais baixas por diversos motivos: a faculdade escolhida, o curso, o turno, a cidade onde a graduação é oferecida e até a modalidade de disputa (cotas ou ampla concorrência).

Tem alguma outra forma de entrar na faculdade com a nota do Enem 2018?

Boa notícia para quem não quer encarar um processo seletivo desgastante e concorrido: dá para usar a nota do Enem 2018 para entrar direto na faculdade particular, sem ter que fazer vestibular.

Com o ingresso direto, isso já é uma realidade.

Para tanto, basta localizar o curso e a faculdade onde você quer estudar, informar a nota que você obteve em cada uma das provas do Enem e torcer. O sistema calcula automaticamente e, caso você tenha pontuação suficiente, já é aprovado na hora. Aí basta levar a documentação necessária (incluindo o boletim de desempenho oficial), fazer a matrícula e garantir sua vaga no ensino superior.

A nota que você precisa tirar no Enem para passar no ingresso direto varia de faculdade para faculdade, mas pode ficar tranquilo: na maioria dos casos elas são bem mais acessíveis que nos três processos seletivos do governo federal.

Aqui, vale um alerta. Muitas faculdades não aceitam a nota do Enem para ingresso no curso de Medicina, que geralmente tem um vestibular específico.

Faculdades que aceitam a nota no Enem 2018

Não vai ser difícil encontrar a faculdade ideal para você. Hoje, mais de uma centena de instituições públicas trabalham com o Sisu.

Esse número é muito maior entre as faculdades particulares que aceitam o ProUni, o FIES e o ingresso direto.

Para garantir uma formação de qualidade é importante ficar atento ao reconhecimento da faculdade pelo Ministério da Educação, observar a estrutura oferecida e, claro, checar se a instituição tem o curso que você quer fazer.

Pensando nisso, a gente separou algumas faculdades para você conhecer melhor. Veja abaixo:

Veja também:

Descubra como usar a nota do Enem para entrar na faculdade

Vai participar de qual processo seletivo com a sua nota do Enem 2018? Conte para a gente nos comentários!

Fonte: https://www.guiadacarreira.com.br/educacao/enem/que-nota-preciso-tirar-no-enem-2018/

TEMAS DAS REDAÇÕES DO ENEM

Published Junho 22, 2019 by rosangelabastos

Confira os temas que já apareceram na redação do Enem

  • 2018: Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet
  • 2017: PPL Consequências da busca por padrões de beleza idealizados
  • 2017 – 2ª Aplicação: Caminhos para combater o racismo no Brasil
  • 2017: Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil
  • 2016: Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil
  • 2015: A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira
  • 2014: Publicidade infantil em questão no Brasil
  • 2013: Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil
  • 2012: Movimento imigratório para o Brasil no século 21
  • 2011: Viver em rede no século 21: os limites entre o público e o privado
  • 2010: O trabalho na construção da dignidade humana
  • 2009: O indivíduo frente à ética nacional
  • 2008: Como preservar a floresta Amazônica: suspender imediatamente o desmatamento; dar incentivo financeiros a proprietários que deixarem de desmatar; ou aumentar a fiscalização e aplicar multas a quem desmatar
  • 2007: O desafio de se conviver com as diferenças
  • 2006: O poder de transformação da leitura
  • 2005: O trabalho infantil na sociedade brasileira
  • 2004: Como garantir a liberdade de informação e evitar abusos nos meios de comunicação
  • 2003: A violência na sociedade brasileira: como mudar as regras desse jogo
  • 2002: O direito de votar: como fazer dessa conquista um meio para promover as transformações sociais que o Brasil necessita?
  • 2001: Desenvolvimento e preservação ambiental: como conciliar os interesses em conflito?
  • 2000: Direitos da criança e do adolescente: como enfrentar esse desafio nacional
  • 1999: Cidadania e participação social
  • 1998: Viver e aprender

Central de atendimento do Enem 2019

Participantes que tiverem dúvidas sobre a prova podem acionar a Central de Atendimento do Inep pelo telefone 0800-616161. O atendimento por telefone tem funcionamento diário, entre 8h e 20h. O órgão indica que, antes de procurar o atendimento telefônico, o participante verifique se a questão não está já esclarecida no site do Enem.

ESCREVER BEM É IMPORTANTE?

Published Abril 29, 2019 by rosangelabastos

Escrever corretamente é importante?

Escrever corretamente é obrigação de todos aqueles que desejam ser compreendidos. É importante que se saiba que parte da imagem que as pessoas têm de nós é construída por aquilo que escrevemos. Por este, entre outros motivos, é que entender um pouco de Língua Portuguesa não só fará bem a você como também poderá abrir muitas portas…

Antes de desenvolver sua proposta de redação, leia atentamente a coletânea de textos; veja a importância de se escrever corretamente nos dias atuais.

Instruções:

  • Leia atentamente os textos dados;

  • desenvolva sua argumentação fundamentando suas afirmações;

  • Não deixe de preencher por completo o cabeçalho da folha;

  • Valorize a caligrafia para ser melhor entendido.

  • Tente alcançar um mínimo de 30 linhas.

  • Não discuta os fatos levado por emoção violenta, preferência ou escolha de ordem individual.

  • Procure dar exemplos, na parte argumentativa, de fatos recentes e que sejam de conhecimento público, divulgados por jornais e revistas.

  • Fuja de texto circular. Evite retomar as mesmas ideias ao longo do texto.

Coletânea de textos

Texto 1

Na página 25 da Veja de 13 de fevereiro de 2008, temos um artigo do Millôr Fernandes chamado “Língua, pra que vos quero?”. Ei-lo abaixo:

LÍNGUA, PRA QUE VOS QUERO?

Linguagem. Ainda e sempre.

Voltando ao dr. Aldo Rebelo, que outros preferem Rabelo. Como o senhor é um nobre batalhador pela pureza da língua (se fosse geneticista ou hitlerista proibiria também as moças brancas de transar com escurinhos e os negões de transar com louras burras, e estaria condenada essa execrável miscigenação), lembrei-o de que a mais brasileira das palavras é futebol. E tem mais, nobre deputado (é nobre ainda, deputado?), futebol talvez seja hoje a mais universal das palavras. Estrangeira em toda parte. Nacional em todo lugar. E o senhor sabe que, no passado, os aldos rebelos de então, numa tentativa de evitar a introdução no país do termo football, lutaram pra que o esporte se chamasse ludopédio? Ou, melhor ainda, pebolismo? Como o senhor, lingüista emérito, já percebeu, não colou. O esporte, estrangeiríssimo, este, sim, colou. Colou aqui, colou ali, colou até na China. Onde se chama, é verdade, .

E, o senhor sabe?, sei que sabe, que a posição dos jogadores ou os próprios jogadores pela posição se chamavam goal-keeper (pronunciava-se gol quíper), back, half, center-half, ou forward, center-forward? E que o juiz se chamava não juiz como agora, que pode até se confundir com os do Supremo de frango, mas, veja só, meritíssimo, referee? Sabe o que aconteceu? Sem nenhum legislador pra ensinar ao povo, o povo tomou a rédea nas mãos – ensinou aos legisladores. Povo tem que ser controlado, como sabemos todos nós do PCB. Por isso temos hoje o goleiro, o zagueiro, o meio-de-campo, o avante e por aí vai. E referee passou a se chamar juiz. Não é estranho? Tudo isso sem legislação. Porém, se não é estranho, é muito curioso, mas ninguém repara. Os times se chamavam, como ainda se chama o meu glorioso Fluminense, Fluminense Futebol Clube. Em nossa língua deveria se chamar não Futebol Clube mas Clube de Futebol. O adjetivo antecedendo o substantivo é puro anglicismo. Mas não é natural, doutor? O esporte bretão (era chamado assim, meritíssimo), como o nome indica, vinha da Inglaterra. Quanto ao corner virar escanteio, sou contra. Corner era muito melhor. Como diria o Jânio (Quadros): “Que língua, a nossa!”.

Texto 2

Policiais acham carro roubado com placas de “Frorianópolis” em SP

Um Toyota Corolla roubado foi recuperado na manhã desta sexta-feira por policiais rodoviários graças a um erro de grafia cometido na adulteração do emplacamento. O nome da capital catarinense – Florianópolis – estava escrito como “Frorianópolis”. O homem que dirigia o carro foi preso. O carro foi parado na altura do km 439 da rodovia Régis Bittencourt, sentido Paraná, na região de Registro (231 km a sudoeste de São Paulo). […] Folha de S.Paulo, 16/ jun./2006, Folha On-Line, 14h06.

Proposta de Redação


O
 tema da nossa redação da semana é título do post onde encontrava-se a notícia de outro roubo frustrado por causa de erros de ortografia.

“Para o bem ou para o mal, o conhecimento e a educação são importantíssimos.”

Apesar dele ou apesar de ele?

Published Fevereiro 14, 2016 by rosangelabastos

Fonte: InfoEnem

Apesar dele ou apesar de ele?

Posted: 14 Feb 2016 06:18 AM PST

“Apesar de você amanhã há de ser outro dia (…)” Assim, Chico Buarque reclamava de ‘uma mulher mandona, muito autoritária’ – foi o que teria dito aos censores ao ser indagado sobre a letra da música, lançada durante a ditadura. No trecho, o compositor emprega a expressão concessiva1 apesar de, que não é tão rara assim, pois está presente em muitos textos do nosso cotidiano.

Essa expressão, apesar de frequente, traz algumas dúvidas quanto ao emprego, se for seguida de palavras que costumam ser contraídas ou combinadas com a preposição de. Ops… contraídas? É, não é doença, mas as preposições podem ser contraídas ou combinadas com outras palavras. Dizemos que há combinação quando apenas ‘encostamos’ a preposição na outra palavra, como o que ocorre aqui:

  • Preposição A + artigo O = AO (combinação)

E consideramos contração quando, ao juntarmos a preposição com outra palavra, ocorre alteração ou perda de letra, assim:

  • Preposição EM + artigo O = NO (contração)
  • Preposição DE + artigo O = DO (contração)

E voltando à expressão lá do início do texto: apesar de você. Vamos agora trocar a pessoa gramatical para ele e ver o que acontece: ficaremos com a expressão apesar dele, com uma contração!

Vamos fazer mais uma troca, desta vez tirando o você e colocando a primeira pessoa, eu. Obteremos apesar de mim, pois com preposição devemos usar a forma oblíqua tônica do pronome!

Simples, não é? Mas cuidado! Tem uma exceção que precisa de muita atenção! Sabemos que as preposições pedem a companhia de pronomes oblíquos tônicos (mim, ti, si etc), porém não podemos esquecer que, nas orações, o termo que funciona como sujeito NUNCA pode ser preposicionado e esta regra vale mais que a anterior. Assim, teremos as seguintes construções:

  • Apesar dele, a amizade continuou. (O pronome ele fica contraído com a preposição)
  • Apesar de ele ter agido mal, a amizade continuou. (O pronome ele funciona como sujeito do verbo ter, por isso não pode ser contraído com a preposição)

Isso explica a necessidade de separar a preposição em algumas construções como:

  • “Está na hora de a população votar conscientemente” ;
  • “Não havia necessidade de eles trabalharem até tão tarde” e outras.

Resta lembrar que para construir corretamente frases como essas é preciso também dominar os casos de regência verbal e nominal, para saber qual a preposição adequada em cada situação.

Até a próxima!

______________

1A relação de concessão apresenta uma ‘quebra de expectativa’, uma ‘fuga do esperado’, introduz uma ideia oposta ao que seria o padrão, como em “Apesar da chuva forte, o jogo não foi suspenso” – com muita chuva, o esperado é que não houvesse jogo.

Margarida Moraes é formada em Letras pela Universidade de São Paulo (USP).

POESIA MATEMÁTICA (Millôr Fernandes)

Published Outubro 26, 2015 by rosangelabastos

POESIA MATEMÁTICA (Millôr Fernandes)

 

Um Quociente apaixonou-se
Um dia
Doidamente
Por uma Incógnita.

Olhou-a com seu olhar inumerável
E viu-a, do Ápice à Base…

Uma Figura Ímpar;
Olhos rombóides, boca trapezóide,
Corpo ortogonal, seios esferóides.

Fez da sua
Uma vida
Paralela à dela.

Até que se encontraram
No Infinito.

“Quem és tu?” indagou ele
Com ânsia radical.

“Sou a soma do quadrado dos catetos.
Mas pode chamar-me Hipotenusa.”

E de falarem descobriram que eram
– O que, em aritmética, corresponde
A almas irmãs –
Primos-entre-si.

E assim se amaram
Ao quadrado da velocidade da luz.

Numa sexta potenciação
Traçando
Ao sabor do momento
E da paixão
Retas, curvas, círculos e linhas sinoidais.

Escandalizaram os ortodoxos
Das fórmulas euclideanas
E os exegetas do Universo Finito.

Romperam convenções newtonianas
E pitagóricas.
E, enfim, resolveram casar-se.

Constituir um lar.
Mais que um lar.
Uma Perpendicular.

Convidaram para padrinhos
O Poliedro e a Bissetriz.

E fizeram planos, equações e
Diagramas para o futuro
Sonhando com uma felicidade
Integral
E diferencial.

E casaram-se e tiveram
Uma secante e três cones
Muito engraçadinhos.

E foram felizes
Até àquele dia
Em que tudo, afinal,
Se torna monotonia.
Foi então que surgiu
O Máximo Divisor Comum…

Frequentador de Círculos Concêntricos.
Viciosos.
Ofereceu-lhe, a ela,
Uma Grandeza Absoluta,
E reduziu-a a um Denominador Comum.

Ele, Quociente, percebeu
Que com ela não formava mais Um Todo.
Uma Unidade.

Era o Triângulo,
Chamado amoroso.
E desse problema ela era a fração
Mais ordinária.

Mas foi então que Einstein descobriu a
Relatividade.
E tudo que era expúrio passou a ser
Moralidade

Como aliás, em qualquer
Sociedade.

Millôr Fernandes

Vozes verbais – exercícios com gabaritos

Published Outubro 15, 2015 by rosangelabastos

Identifique as Vozes Verbais usando para Voz Ativa (VA), Passiva Analítica (VPA), Passiva Sintética (VPS) e Reflexiva (VR):
O1. Alugaram-se todas as casas da vila.
02. O garoto feriu-se com o canivete.
03. O homem é corrompido pela sociedade.
04. Consertam-se aparelhos eletrônicos.
05. Felipe plantou uma rosa.
06. Os meninos admiravam a locomotiva.
07. João foi ferido por Paulo.
08. A moça admirava-se no espelho.
09. Não se vê viva alma na praça.
10. Os pais educam os filhos.
11. Os dois pretendentes insultaram-se.
12. O cachorro ficou esmagado pelas rodas do carro.
13. Eu machuquei o rapaz.
14. Todos comeram uma fatia do bolo.
15. Nunca se ouviram queixa dele.
16. A casa foi vendida pelo corretor.
17. Abraçaram-se com alegria e emoção.
18. Ele fez todo o trabalho em apenas um dia.
19. Os dois falaram-se rapidamente.
20. Cortaram o cabelo da criança.
21. Carla foi correr no parque.
22. O cabelo da criança foi cortado.
23. Praticam-se ações humanitárias.
24. O Detento havia sido libertado pelo juiz.
25. A apresentação agradou ao público.
GABARITO
O1. Alugaram-se todas as casas da vila. (VPS)
02. O garoto feriu (a si mesmo)-se com o canivete. (VR)
03. O homem é corrompido pela sociedade. (VPA)
04. Consertam-se aparelhos eletrônicos. (VPS)
05. Felipe plantou uma rosa. (VA)
06. Os meninos admiravam a locomotiva. (VA)
07. João foi ferido por Paulo. (VPA)
08. A moça admirava-se (a si mesma) no espelho. (VR)
09. Não se vê viva alma na praça. (VPS)
10. Os pais educam os filhos. (VA)
11. Os dois pretendentes insultaram-se (mutuamente). (VR)
12. O cachorro ficou esmagado pelas rodas do carro. (VPA)
13. Eu machuquei o rapaz. (VA)
14. Todos comeram uma fatia do bolo. (VA)
15. Nunca se ouviram queixas dele. (VPS)
16. A casa foi vendida pelo corretor. (VPA)
17. Abraçaram-se (mutuamente) com alegria e emoção. (VR)
18. Ele fez todo o trabalho em apenas um dia. (VA)
19. Os dois falaram-se (mutuamente) rapidamente. (VR)
20. Cortaram o cabelo da criança. (VA)
21. Carla correu no parque. (VA)
22. O cabelo da criança foi cortado. (VPA)
23. Praticam-se ações humanitárias. (VPS)
24. O Detento havia sido libertado pelo juiz. (VPA)
25. A apresentação agradou ao público. (VA)

EXERCÍCIOS SOBRE VOZES DO VERBO
01. (VOZES DO VERBO) (ENG. ITAJUBÁ) Transforme as frases a e b segundo o seguinte modelo:

– Foi socorrido por amigos.
– Amigos socorreram-no.

a) Foste ajustado por muitos.
b) Fomos aconselhados por mestres.
02. (VOZES DO VERBO) (FUVEST) “Os meninos de rua que procuram trabalho são repelidos pela população.”

a) Reescreva a frase, alterando-lhe o sentido apenas com o emprego de vírgulas.
b) Explique a alteração de sentido ocorrida.
03. (VOZES DO VERBO) Na oração: “Diz-se que o mundo vai acabar em chamas.”

a) o “se” é partícula apassivadora e a oração sublinhada é objetiva direta.
b) o “se” é partícula expletiva e a oração sublinhada é subjetiva.
c) o “se” é sinal de sujeito indeterminado e a oração sublinhada é predicativa.
d) o “se” é sinal de sujeito indeterminado e a oração sublinhada é objetiva direta.
e) o “se” é partícula apassivadora e a oração sublinhada é subjetiva.
04. (VOZES DO VERBO) “Destroem-se em minutos, feitos montes de leivas, antigas roças penosamente cultivadas…” O “se”
(destroem-se) é:

a) objeto indireto
b) objeto direto
c) sinal de sujeito indeterminado
d) sujeito
e) partícula apassivadora
05. (VOZES DO VERBO) Assinale a alternativa incorreta:

a) “Compre-se todas as propriedades desta região” Se = part. apassivadora.
b) “Por onde se vai ao CLQ?” Se = part. de indeterminação do sujeito.
c) “Os inimigos olham-se agora como amigos…” Se = objeto direto.
d) “Os fugitivos se morriam de sede e fome…” Se = objeto direto.
e) “A Lua se elevava nos céus…” Se = objeto direto.
06. (VOZES DO VERBO) Assinale a alternativa sem partícula apassivadora:

a) Esclarecer-se são todas as dúvidas.
b) Se tudo se resolvesse a contento, não haveria dissensões.
c) Se se fizesse o projeto original, não haveria fracasso.
d) Ele deixou-se vagar pela noite.
e) Observa-se em todos o toque de um gênio.

Resolução:

01. a) Muitos ajustaram-te.
b) Mestres aconselharam-nos.

02. a) Os meninos de rua, que procuram emprego, são repelidos pela população.

b) Sem as vírgulas, a oração adjetiva ¾ “que procuram emprego” ¾ limita, restringe o termo “meninos”. Entende-se, pois, que uma parte dos meninos de rua procura emprego, e que essa parte é repelida pela população.
Com as vírgulas, muda o sentido da oração adjetiva: ela passa a ser explicativa. Entende-se, assim, que todos os meninos de rua procuram emprego e são repelidos pela população.

03. E 04. E 05. D 06. D

……………………………………………………………………………………………………………………………………………………..
VOZES DO VERBO
1- (VOZES DO VERBO) Classifique as seguintes frases quando as vozes verbais:

a Antônio sentiu-se largado dos fardos.
b) Tu jamais te contentaste para a tragédia
c) O público apulparia o cantor.
d) Analisar-se-ão os trabalhos esta tarde.
e) Reformam-se casas
f) Deram-se as mãos e caminharam lado a lado
g) Os atletas insultavam-se.
h) Estava-se feliz com o resultado da competição.
i) O ladrão foi perdoado pela vítima.
j) Arrombaram a porta da casa
k) Arrombou-se a casa da esquina.
l) Enviaram um belo presente ao vencedor.
m) O regulamento será obedecido por nós.
n) Sua filha não se penteia para os homens.
o) Encerram-se hoje as inscrições.
p) Elas podem chegar ainda hoje.
Confira as respostas:
a. Voz reflexiva;
b) Voz reflexiva;
c) Voz ativa;
d) Voz passiva sintética;
e) Voz passiva sintética;
f)Voz reflexiva;
g) Voz ativa;
h) Voz passiva sintética;
i) Voz passiva analítica;
j) Voz ativa;
k) Voz passiva sintética;
l) Voz ativa;
m) Voz passiva analítica;
n) Voz reflexiva;
o) Voz passiva sintética;
p) Voz ativa;
…………………………………………………………………………………………………………………………………………………………….
1) Apenas uma das frases admite a voz passiva. Assinale-a.
A) Gosto de frutas.
B) Milhares de pessoas assistiram ao jogo.
C) Deus criou o mundo.
D) Este ano foi quente.
E) NDA.

2)”O velho casarão foi substituído por um enorme edifício.” Passando esta frase para a voz ativa, temos:
A) O velho casarão, substituíram-no por um enorme edifício.
B) Um enorme edifício substituiu o velho casarão.
C) O velho casarão substituiu o enorme edifício.
D) Substituiu-se o enorme edifício pelo velho casarão.
E) NDA

3) Assinale o item em que há erro na passagem da ativa para a passiva:
A) Ela quebrará tudo = Tudo será quebrado por ela.
B) Ela quebrara tudo = Tudo foi quebrado por ela.
C) Ela quebra tudo = Tudo é quebrado por ela.
D) Ela tinha quebrado tudo = Tudo tinha sido quebrado por ela.
E) NDA

4) Assinale o único item em que o SE indica ação reflexiva:
A) A menina SE penteia sempre.
B) Nao SE dançou à noite.
C) Fizeram-SE novos acordos.
D) Precisa-Se de mais dados.
E) NDA

5) “Os ladrões foram indentificados por uma testemunha”. Transpondo para a voz ativa, teremos:
A) Havia identificado.
B) Tinha identificado.
C) Indentificara.
D) Identificou-se
E) NDA

6) Identifique a frase em que há erro na concordância verbal:
A) Procedeu-se aos interrogatórios.
B) Fizeram-se nomeações.
C) Arrependeram-se de tudo.
D) Conserta-se pneus.
E) NDA

7) Indique o item em que há erro na classificação sintática do SE:
A) Resolve ram-SE as dúvidas = pronome apassivador.
B) Vestiu-SE rapidamente = parte integrante do verbo.
C) Precisa-SE de secretárias = indeterminação do sujeito.
D) Elas SE arrependeram = parte integrante do verbo.
E) NDA

8) Assinale o item em que há erro na concordância verbal:
A) Revelar-se-ão as causas do fato.
B) Tomar-se-á, ainda hoje, as providências cabíveis.
C) Necessita-se de outras provas.
D) Obtiveram-se bons resultados.
E) NDA

9) Aponte o item em que há erro na escolha do particípio do verbo abudante na voz passiva ou ativa:
A) O Presidente tinha expresso sua opinião.
B) Os policiais haviam expulsado os baderneiros.
C) A reunião foi suspensa à tarde.
D) Foi eleito por unanimidade.
E) NDA

10) Assinale o item em que há erro na voz passiva do tempo composto:
A) O prêmio tinha sido ganhado por mim.
B) O recurso tinha sido aceito.
C) A carta tinha sido entregue.
D) O curso não havia sido pago.
E) NDA
VOZES DO VERBO
GABARITO
Questão 1: Resposta incorreta
Resposta correta: Letra C

Questão 2: Resposta incorreta
Resposta correta: Letra B

Questão 3: Resposta incorreta
Resposta correta: Letra B

Questão 4: Resposta incorreta
Resposta correta: Letra A

Questão 5: Resposta incorreta
Resposta correta: Letra C

Questão 6: Resposta incorreta
Resposta correta: Letra D

Questão 7: Resposta incorreta
Resposta correta: Letra B

Questão 8: Resposta incorreta
Resposta correta: Letra B

Questão 9: Resposta incorreta
Resposta correta: Letra A

Questão 10: Resposta incorreta
Resposta correta: Letra A

Exercícios com Vozes do Verbo

1. A locução verbal que constitui voz passiva analítica é:

a) fazer essa operação?
b) Você teria realizado tal cirurgia?
c) Realizou-se logo a intervenção.
d) A operação foi realizada logo.

2. O seguinte período apresenta uma forma verbal na voz passiva: “as pessoas comprometidas com a corrupção deveriam ser punidas de forma mais rigorosa”. Qual a alternativa que apresenta a forma verbal ativa correspondente?

a) deveria punir
b) puniria
c) puniriam
d) deveriam punir

3. A oração “o alarma tinha sido disparado pelo guarda” está na voz passiva. Assinale a alternativa que apresenta a forma verbal ativa correspondente.

a) disparara
b) fora disparado
c) tinham disparado
d) tinha disparado

4. A oração “o engenheiro podia controlar todos os empregados da estação ferroviária” está na voz ativa. Assinale a forma verbal passiva correspondente.

a) podiam ser controlados
b) seriam controlados
c) podia ser controlado
d) controlavam-se

5. Assinale a oração que não tem condições de ser transformada em passiva.

a) As novelas substituíram os folhetins do passado
b) O diretor reuniu para esta novela um elenco especial
c) Alguns episódios estão mexendo com as emoções do público
d) O autor extrai alguns detalhes do personagem de pessoas conhecidas

Instruções para as questões subsequentes: Passe a frase dada, se for ativa, para a voz passiva, e vice-versa. Assinale a alternativa que, feita a transformação, substitui corretamente a forma verbal grifada, sem que haja mudança de tempo e modo verbais.

6. Não se faz mais nada como antigamente.

a) é feito
b) têm feito
c) foi feito
d) fazem

7. Saí de lá com a certeza de que os livros me seriam enviados por ele, sem falta, na data marcada.

a) iria enviar
b) foram enviados
c) enviará
d) enviaria
8. Em meio àquele tumulto, ele ia terminando o complicado trabalho.

a) foi terminando
b) foi sendo terminado
c) foi terminado
d) ia sendo terminado
9. Seria bom que o projeto fosse submetido à apreciação da equipe, para que se retificassem possíveis falhas.

a) submeteram – retifiquem
b) submeter – retificar
c) submetessem – retificassem
d) se submetesse – retifiquem
10. Se fôssemos ouvidos, muitos aborrecimentos seriam evitados.
a) ouvíssemos – estaríamos
b) formos ouvidos – serão evitados
c) nos ouvissem – se evitariam
d) nos ouvissem – evitariam

Gabarito:
1.D 2.D 3.D 4. A 5.C 6.D 7.D 8.D 9.C 10.D

VOZES VERBAIS – CONTINUE EXERCITANDO
1) Apenas uma das frases admite a voz passiva. Assinale-a.
A) Gosto de frutas.
B) Milhares de pessoas assistiram ao jogo.
C) Deus criou o mundo.
D) Este ano foi quente.
E) NDA.

2) “O velho casarão foi substituído por um enorme edifício.” Passando esta frase para a voz ativa, temos:
A) O velho casarão, substituíram-no por um enorme edifício.
B) Um enorme edifício substituiu o velho casarão.
C) O velho casarão substituiu o enorme edifício.
D) Substituiu-se o enorme edifício pelo velho casarão.
E) NDA

3) Assinale o item em que há erro na passagem da ativa para a passiva:
A) Ela quebrará tudo = Tudo será quebrado por ela.
B) Ela quebrara tudo = Tudo foi quebrado por ela.
C) Ela quebra tudo = Tudo é quebrado por ela.
D) Ela tinha quebrado tudo = Tudo tinha sido quebrado por ela.
E) NDA

4) Assinale o único item em que o SE indica ação reflexiva:
A) A menina SE penteia sempre.
B) Nao SE dançou à noite.
C) Fizeram-SE novos acordos.
D) Precisa-Se de mais dados.
E) NDA

5) “Os ladrões foram indentificados por uma testemunha”. Transpondo para a voz ativa, teremos:
A) Havia identificado.
B) Tinha identificado.
C) Indentificara.
D) Identificou-se
E) NDA

6) Identifique a frase em que há erro na concordância verbal:
A) Procedeu-se aos interrogatórios.
B) Fizeram-se nomeações.
C) Arrependeram-se de tudo.
D) Conserta-se pneus.
E) NDA

7) Indique o item em que há erro na classificação sintática do SE:
A) Resolveram-SE as dúvidas = pronome apassivador.
B) Vestiu-SE rapidamente = parte integrante do verbo.
C) Precisa-SE de secretárias = indeterminação do sujeito.
D) Elas SE arrependeram = parte integrante do verbo.
E) NDA

8) Assinale o item em que há erro na concordância verbal:
A) Revelar-se-ão as causas do fato.
B) Tomar-se-á, ainda hoje, as providências cabíveis.
C) Necessita-se de outras provas.
D) Obtiveram-se bons resultados.
E) NDA

9) Aponte o item em que há erro na escolha do particípio do verbo abudante na voz passiva ou ativa:
A) O Presidente tinha expresso sua opinião.
B) Os policiais haviam expulsado os baderneiros.
C) A reunião foi suspensa à tarde.
D) Foi eleito por unanimidade.
E) NDA

10) Assinale o item em que há erro na voz passiva do tempo composto:
A) O prêmio tinha sido ganhado por mim.
B) O recurso tinha sido aceito.
C) A carta tinha sido entregue.
D) O curso não havia sido pago.
E) NDA
Questão 1: Resposta incorreta
Resposta correta: Letra C

Questão 2: Resposta incorreta
Resposta correta: Letra B

Questão 3: Resposta incorreta
Resposta correta: Letra B

Questão 4: Resposta incorreta
Resposta correta: Letra A

Questão 5: Resposta incorreta
Resposta correta: Letra C

Questão 6: Resposta incorreta
Resposta correta: Letra D

Questão 7: Resposta incorreta
Resposta correta: Letra B

Questão 8: Resposta incorreta
Resposta correta: Letra B

Questão 9: Resposta incorreta
Resposta correta: Letra A

Questão 10: Resposta incorreta

ORAÇÕES COORDENADAS COM GABARITO

Published Setembro 13, 2015 by rosangelabastos

ORAÇÕES COORDENADAS + GABARITO

1- Verifique o código em evidência, empregando-o corretamente de acordo com os casos expressos pelas orações a seguir:
A – coordenada aditiva
B – coordenada adversativa
C – coordenada alternativa
D – coordenada explicativa
E – coordenada conclusiva
a- Não fomos ao aniversário, porém trouxemos o presente. (  )
b – Ou tentas se qualificar melhor, ou serás demitido. (  )
c – Conseguimos obter um ótimo resultado, pois nos esforçamos bastante.( )
d- A garota não compareceu à aula porque estava doente. ( )
e – Viajamos muito e chegamos exaustos. ( )
f – Não vejo importância neste tema, portanto encerraremos a reunião. ( )
g – Não gosto de sua atitude, todavia não lhe trato mal. ( )
2- Assinale a alternativa que contém uma coordenativa conclusiva:
a – Sérgio foi bom filho; logo, será um bom pai.
b – Os meninos ora brigavam, ora brincavam.
c – Jaime trabalha depressa, contudo produz pouco.
d – Os cães mordem, não por maldade, mas por precisarem viver.
e – Adão comeu a maçã, e nossos dentes até hoje doem.
3- Observe o seguinte excerto poético e em seguida atente-se para a questão que a ele se refere:
“As horas passam, os homens caem, a poesia fica” (Emílio Moura)
As orações que o compõem são coordenadas sindéticas ou assindéticas? Justifique.
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
4- Classifique as orações coordenadas sindéticas em destaque, numerando-as de 1 a 5, de acordo com a tabela abaixo:
( 1 ) aditivas ( 2 ) adversativas ( 3 ) alternativas ( 4 ) conclusivas ( 5 ) explicativas
( ) Ou galopa ou sai da estrada. (Refrão gaúcho)
( ) Os operários protestam, reclamam e exigem explicações.
( ) Decerto choveu nas cabeceiras do rio, porque o caudal avolumou-se muito, hoje.
( ) Os argumentos sobre os malefícios da poluição não os abalam nem comovem.
( ) O homem depende do solo e da flora; deve, pois, preservá-Ios.
( ) “O navio deve estar mesmo afundando, pois os ratos já começaram a abandoná-Io.” (Érico Veríssimo)
( ) Seremos vencedores ou iremos provar o amargor da derrota?
( ) O rio ora se estreitava, ora se alargava caprichosamente.
( ) Mônica não era uma beldade, contudo impunha-se pela sua simpatia.
5- Identifique as conjunções dos períodos abaixo:
a) Zé Brasil trabalhou muito, porém foi despedido.
b) Minhas plantas não sobrevivem, pois não consigo matar as formigas.
c) Ele não tem assistência médica; logo sofre de muitas doenças.
d) Fique aqui, porque o coronel Tatuíra já vem e vai querer falar com você.
6- Relacione as colunas:
a) Tentou matar as formigas, mas não conseguiu.
b) Ele não sabia se trabalhava ou se tentava matar as formigas.
c) Ele queria ter uma casa e plantar uma horta.
d) Era chamado de vadio, pois trabalhava pouco.
e) Ele trabalhava pouco; logo era chamado de vadio.
( ) relação de conclusão
( ) relação de contraste, adversidade
( ) relação de confirmação ou explicação
( ) relação de alternância
( ) relação de acréscimo.
7- Classifique as orações em destaque:
a- Não só estudou, mas também trabalhou. _________________________
b- Choveu, pois eu me molhei. ___________________________________
c- O relógio é de ouro; não enferruja, pois. _______________________
d- Sai às dez, voltei às dez e meia. _____________________________
e- Venha logo, pois está chovendo. _____________________________
f- Sinhá Vitória falou assim, mas Fabiano resmungou.” (Graciliano Ramos)
_____________________________________________________________
g- Ora chove, ora faz calor. ____________________________________
h- Não havia necessidade, todavia insistiu em chamar o técnico. _______
i- Muita gente estava doente, mas ninguém faltou à reunião.______________
8- A única alternativa correta a respeito do período “Jantamos num restaurante próximo de casa, depois fomos ao cinema”, é que ele:
a) apresenta quatro orações
b) apresenta três orações
c) apresenta duas orações
d) é composto por subordinação
Gabarito
1- b,c,d,d,a,e,b
2- a /
3- Assindéticas, pois as mesmas não são introduzidas por conjunções coordenativas. /
4- 3,1,5,1,4,5,3,3,2
5- porém, pois, logo, porque, e
6- e, a, d, b, c
7- a) oração coordenada aditiva
b) oração coordenada explicativa
c) oração coordenada conclusiva
d) oração coordenada assindética
e) oração coordenada explicativa
f) oração coordenada adversativa
g) oração coordenada alternativa
h) oração coordenada adversativa
i) oração coordenada adversativa
8- c